Assinatura RSS

Monólogo das Cinzas

Passou mais um ano, e ainda lembro de você perto da gente. Nós quatro, jogando cartas e bebendo cerveja na calçada como adolescentes idiotas. Quem nos olhava caídos ali dando risada e falando besteira não tinha ideia de como eram gostosos aqueles momentos, tardes inteiras atadas as madrugadas! Ninguém mais sabia como era importante ter você conosco… Comigo.

É bom sentar aqui e te imaginar no tablado, discursando na atenção de todos com os olhos brilhando ao som das palavras que ecoavam dentro do auditório. As paredes tremiam junto com o coração de cada pessoa sentada naquele gigantesco salão.

Hoje, as paredes que vibravam ao decorrer de suas frases estão velhas, descascadas, manchadas. Sem vida.
Sem uma doce voz de mesura para respaldar os quatro cantos da grande sala, assim como a sua fazia durante as palestras noturnas de aprendizado. E nós saíamos depois.

Saíamos nós quatro para encher a cara e jogar cartas apostando cervejas, drinks e refrigerante; e quando o dinheiro acabava, era a o medo de passar vergonha que entrava como aposta. Tantas tardes, tantas madrugadas! Como sinto falta de sua saia verde e desbotada caminhando ao lado do meu jeans lavado e com rasgo no joelho, rodeando bancos de praça até acharmos um que era do nosso gosto. Nosso banco de todas as noites.

Agora, somos três sentados na sala, com um copo de vinho mais dois de whisky, olhando a lareira que deixa as cinzas em montes para recolhermos assim como fazemos com nossas lembranças. Porém, nossos corações não são como aquelas paredes velhas do auditório, as memórias não se descascam ou ficam velhas e morrem, a melhor imagem de você estará sempre aqui. Perto da gente.

Pertinho, assim.

Essa analogia é uma breve homenagem a alguém muito forte, um guerreiro perante a realidade que, no entanto, não pode resistir aos ferimentos deixados pela vida. Aproveite sempre o momento de inspiração, e descanse em paz.
E, pra variar, temos um novo dia de neblina

Anúncios

Uma resposta »

  1. Só alguém que já perdeu alguém muito especial sabe o que é se emocionar com uma postagem desse gênero.
    Minhas lágrimas foram expostas por 1 minuto agora, assim como as suas deverão ser pela vida inteira.
    Eu sinto muito.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: